Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

n' As minhas Montanhas Lindas

Vamos caminhar pela serra de Soajo, nas Montanhas Lindas do Ventor, com os garranos e as rainhas da montanha na Corga da Vagem, na Naia, no Curral do Pai, na Serrinha, na Derrilheira, … Tudo é lindo

Vamos caminhar pela serra de Soajo, nas Montanhas Lindas do Ventor, com os garranos e as rainhas da montanha na Corga da Vagem, na Naia, no Curral do Pai, na Serrinha, na Derrilheira, … Tudo é lindo

n' As minhas Montanhas Lindas

A foto do cabeçalho são garranos na Corga da Vagem - serra de Soajo


A caminhada dos rojões, na Corga da Vagem - serra de Soajo


Os rojões assados na Corga da Vagem

Lá vai tudo numa nova caminhada: a dos rojões

O Luis Perricho levou o Ricard, a água já estava lá e foi a festa

Passagem pelo Alto da Derrilheira. Olhar! Olhar! Fotografar!


Vamos subir ao nosso miradouro?

Estivemos lá em Agosto de 2017. O miradouro a que me refiro, chama-se: «Alto da Derrilheira».

Quem conhece e quer lá voltar, caminhe aqui; quem não conhece e quer vir a conhecer, caminhe aqui.

Quem já conhece e quer matar saudades, caminhe aqui. Eis toda a natureza envolvente que vemos do alto da Derrilheira.


.


Enquanto o António Amorim e o Luiz Perricho punham as conversas em dia, eu quis ver a minha máquina trabalhar e assim, irei à Derrilheira sempre que me apetecer.


24
Out18

Pedrinho, um monte na serra de Soajo

Luiz Franqueira

Li pelo Facebook, escrito por alguém, não me recordo, porque foi em corrida e enviesado que o tal Dr. X (Castro Caldas? Há tantos que é só confusão!), o tal homem que terá sido responsável pela confusão, serra de Soajo, serra da Peneda, creio também, devido ao marco geodésico naquele monte chamado Pedrinho, nos confins da Seida, do lado esquerdo das nascentes do rio Vez, se terá gabarolado de ter andado à caça com o ti Cachês de Adrão que, por acaso, era de Paradela e casou em Adrão, onde fixou residência.

 

2018-08-15 13-16-32_0094.jpg

 

O Pedrinho é essa última montanha a contar da esquerda, no centro da foto, com 1374 m. O tal Castro Caldas chamou-lhe Peneda e eu já vi escrito, "monte Peneda, serra de Soajo"

 

Talvez quisesse dizer com isso que seria conhecedor da serra de Soajo. Tenho muitas dúvidas que conhecesse. Se o Ti Cachês se tivesse apercebido da “caca” que ele fez, o teria enxovalhado. Normalmente o Ti Cachês não falhava tiros e via melhor só com um olho de que ele veria com os dois. Ele terá olhado em frente do Pedrinho e viu os granitos deslavados da Peneda. Para não ter trabalho a investigar, semeou ali mesmo, mais uns quilómetros para a Peneda. Se tivesse olhado um pouco mais para a direita, para o Alto da Pedrada, veria logo que a bota não teria nada a ver com a perdigota. Terá sido aí que entrou a bota mas a espanhola a tal parecida com esta do meu amigo João Fidalgo, em Soajo. Pode ter apanhado calor e estragou tudo ou frio porque o frio fora de tempo, também estraga..

 

P8105319.jpg

 

Uma bota espanhola para vinho. Se houve bota seria semelhante a esta que o meu amigo João Fidalgo tem na casa do Souto

 

Mas não terá sido só ele! É difícil sair da cadeira de qualquer escritório e ir fazer caminhadas, forçadas ou não, nas montanhas. Provavelmente, terá sido um trabalho de má vontade tanto dele como da comitiva. Se partiu de Soajo ter-se-ão visto desgraçados, se foi por Sistelo, não se terá visto melhor, na subida. Também poderá ter encontrado alguém que nunca terá chegado à Pedrada ou nunca terá passado para sul do cruzeiro da Portela, o miradouro entre Adrão e a Peneda e lhe dissesse que aquele monte era serra da Peneda. Se calhar, deveria ter perguntado aos carvoeiros de Riba de Mouro que então exploravam as raízes velhas das urzes para fazer carvão e creio que seria bem informado.

 

2018-08-15 13-01-24_0093.jpg

 

O Pedrinho está do lado oposto ao Outeiro Alvo - 1314 m que fica na montanha entre a Peneda e a Gavieira, no cimo desse sistema rochoso, à direia da foto. O ponto mais alto da serra da Peneda, creio ser, se a memória não me falha, o pico Giestoso lá para os lados do planalto de Castro Laboreiro. Creio não estar enganado

 

Claro que agora, enquanto a figura não for desfeita, geólogos, geógrafos, cartógrafos, turistas, arquitectos!, ... e tantos outros, julgarão, na sua boa fé, ou não, que tudo está bem e estão-se nas tintas que o garrano da serra de Soajo se chame “Strada” como o cavalo do Dartagnan, ou Bucéfalo como o cavalo do meu amigo Alexandre Magno.

 

E agora? Vamos fazer o quê? Procuram-se ideias! Alguém tem? Eu digo que Adrão é uma Aldeia nas Montanhas. Nas montanhas da serra de Soajo e não nas montanhas da serra da Peneda. Na serra da Peneda haviam e haverão ainda, as áreas de Soajo, de Adrão e de outros, que os nossos gados iam ocupar a partir de meados de Agosto, fins de Setembro-Outubro, todos os anos. Utilizando os termos à lagardére, a serra da Peneda pode ser considerada uma subsidiária da serra de Soajo. Não me perguntem como, nem porquê, mas era assim e, se não é hoje, é porque partimos para outros mundos e deixou de haver transumância.


As Montanhas Lindas do Ventor, são as montanhas da serra de Soajo, da serra da Peneda, da serra Amarela, do Gerês, ... são as montanhas dos seus sonhos e são, também, as montanhas da sua gente

O Quico e o Ventor sonharam com a Derrilheira



Quico e Ventor

quico-ventor.jpg


Imaginem um lobo no Alto da Derrilheira


lobo25.jpg


Flores de Adrão; na serra de Soajo


Apresento-vos as fotos do Ventor. Esta flor encontrou-a, pela primeira vez, junto à Fonte das Forcadas, rumo à Corga da Vagem e, daqui rumo à Derrilheira



Esta é a cruz da Portela de cima, para um lado, fica a serra da Peneda, para o outro, ficam as serras Amarela e Gerês.





Estas flores são aquelas que, em miúdo, chamava flores do S. João



Mais sobre mim

foto do autor

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.